Grupo de Diálogos Existenciais - Sofrimento e Mudança

Grupo para dialogar e refletir sobre temas que perpassam a existência, como liberdade, angústia, solidão, diferenças e valores. Tem como intuito possibilitar outros modos de se relacionar a partir das trocas de vivências e perspectivas.

Os participantes serão convidados a compartilhar suas experiências em diálogo, afirmando suas singularidades. Os encontros não têm por intuito oferecer um modelo ideal ou alcançar um consenso, mas potencializar as diferenças de cada participante na relação com os demais.

Nestes dois encontros vamos conversar sobre o sofrimento e a mudança, e seus possíveis desdobramentos, aproximações e distanciamentos. Os encontros acontecem em grupos de 6 a 8 participantes, com a duração de uma hora e meia, quinzenalmente.

Datas: 09 e 23 de fevereiro de 2022.
Horário: 14h às 15h30.
Tema: Sofrimento e Mudança.
Inscrição: R$ 130 (os dois encontros).




Formato

O grupo de diálogos acontece online, por meio de videoconferência via Google Meet, onde cada pessoa pode participar por vídeo ou apenas áudio. Este grupo funciona como um encontro terapêutico, onde propomos a troca de perspectivas e experiências entre os participantes.

Mediadores

Bruno Carrasco, terapeuta e professor, graduado em psicologia, licenciado em filosofia, pós-graduado em psicoterapia fenomenológico existencial e em aconselhamento filosófico.

João Victor de Souza, graduado em psicologia, especializando em psicologia fenomenológica e hermenêutica, atua como psicoterapeuta clínico pela abordagem fenomenológica-existencial.

Observação

Os encontros acontecem via Google Meet, disponível em aplicativo (para smartphone/tablet) ou site (para notebook/pc). Cada participante receberá em seu e-mail um convite para os encontros online na data e horário do encontro. Basta clicar no link que será enviado por e-mail para acessar o encontro online. Caso tenha alguma dúvida, basta entrar em contato.

buttons=(Aceitar !) days=(60)

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Ler mais
Accept !