Terapia da diferença (online)


A terapia da diferença é uma proposta de cuidado em favor de suas particularidades, singularidades e dos diferentes modos de ser, ao invés de buscar o que há de normal ou tentar encaixar em algo previamente definido, buscando reconhecer e potencializar as esquisitices de cada um, partindo de suas próprias experiências.

Esta terapia propõe uma prática de cuidado para com as emoções e a existência, que acontece por meio do diálogo entre o terapeuta e a pessoa atendida, possibilitando uma revisão sobre seus modos de ser, se colocar e agir diante da vida, com o intuito de encontrar e criar novas maneiras de lidar com as adversidades, se aproximando do que seja saudável para si.

O foco desta terapia é a experiência da pessoa atendida, suas diferenças e seus afetos, do modo como são vivenciados, se aproximando de seus sentimentos, valores, expectativas, frustrações, interesses, dificuldades, alegrias e sofrimentos, proporcionando uma maior autopercepção sobre si, ampliando suas perspectivas sobre sua vida e seu entorno.

saúde emocional não é entendida como ausência de sofrimentos, mas enquanto uma disposição para o enfrentamento de sofrimentos e dificuldades, bem como para a ampliação de experiências saudáveis e das práticas do cuidado de si. Parte-se do entendimento que tomar contato com suas experiências possibilita novos modos criativos para lidar com elas.

Portanto, essa terapia não tem como intuito tirar a pessoa de um sofrimento emocional e transportá-la para uma sensação de paz ou felicidade, isso é ilusão. Sua intenção é incentivar o contato com suas emoções e experiências, de modo a encontrar e criar novas maneiras de lidar com as adversidades, não evitando elas, mas encarando e fazendo algo a partir delas.

Assim, o terapeuta se dispõe a se aproximar e acompanhar o modo como a pessoa se sente, vive, se alegra e sofre, atento às suas afetividades, experiências e transformações. Não se colocando como orientador, direcionador ou detentor de um saber sobre a pessoa, mas disponível para escutar, compreender e acompanhar o modo como cada experimenta sua vida.

Esta atividade envolve um contato com seus modos de ser e de se colocar, um mapeamento dos afetos e desafetos na relação com pessoas, lugares e coisas, possibilitando assim uma revisão sobre sua existência e escolhas a partir de seus afetos, priorizando aqueles que potencializam uma vida mais afirmativa, encontrando e estimulando práticas de cuidado de si.

Para tanto, não se utiliza de noções previamente estabelecidas como "bom" ou "ruim", "saudável" ou "patológico", "certo" ou "errado". O terapeuta busca, juntamente com a pessoa atendida, perceber o que faz bem e o que não faz bem num dado momento, partindo de sua própria avaliação, se aproximando do que seja saudável para cada pessoa, em cada circunstância.

Entre suas bases teórico-práticas estão a fenomenologia, o existencialismo, a esquizoanálise, a filosofia clínica, e autores como Friedrich Nietzsche, Jean-Paul Sartre e Michel Foucault. Trata-se de uma terapia alternativa que não atua sobre patologias ou doenças, mas em favor da autopercepção e do cuidado de si, com o intuito de tomar contato e experimentar novas formas de vida.

A terapia se inicia a partir do interesse em rever e lidar com questões de sua vida, e se encerra quando não sentir mais necessidade. Quem busca o atendimento decide o início e término do processo terapêutico, bem como sua periodicidade. Esta terapia não é indicada para situações clínicas graves e não substitui o tratamento de profissionais da saúde.

O atendimento acontece via internet, a duração pode ser de 30, 40 ou 50 minutos, e o valor varia de acordo com a duração. O terapeuta é Bruno Carrasco, graduado em psicologia, licenciado em filosofia e em pedagogia, pós-graduado em psicoterapia fenomenológico existencial, cursando aconselhamento filosófico. Para agendar um atendimento preencha o formulário abaixo:

Terapia da diferença (online) Terapia da diferença (online) Reviewed by Bruno Carrasco on 13:20 Rating: 5
Aulas Online
Tecnologia do Blogger.