Cronologia do existencialismo e fenomenologia

Caminhante sobre o mar de névoa, Caspar David Friedrich, 1818

Breve cronologia de alguns dos principais acontecimentos históricos relacionados ao existencialismo e fenomenologia. A cronologia nos possibilita compreender melhor as transformações nas formas de vida, de cultura e de entendimento de mundo.

Foram incluídas algumas obras literárias de importância que também refletem a existência humana em suas angústias e tensões, além de livros destacados em língua portuguesa sobre existencialismo e fenomenologia, inclusive aqueles que se relacionam com a psicologia. As datas de nascimento e morte foram registradas apenas aos nomes mais destacados destas filosofias.

1813: Nasce Sören Kierkegaard, em Copenhague, Dinamarca
1843: Kierkegaard publica 'Ou isso, ou aquilo', e 'Temor e tremor'
1844: Nasce Friedrich Nietzsche, em Röcken, Reino da Prússia
1844: Kierkegaard publica 'O conceito de angústia'
1849: Kierkegaard publica 'O desespero humano'
1850: Arthur Schopenhauer publica 'As dores do mundo'
1855: Falece Sören Kierkegaard, em Copenhague, Dinamarca
1859: Nasce Edmund Husserl, em Prostějov, República Tcheca
1864: Fiódor Dostoiévsky publica 'Notas do subterrâneo'
1866: Nasce Lev Isaakovich Shestov, em Kiev, Império Russo
1874: Nasce Nikolai Berdyaev, em Kiev, Ucrânia.
1878: Nietzsche publica a primeira parte de 'Humano, demasiado humano'
1881: Nietzsche publica 'Aurora: reflexões sobre preconceitos morais'
1881: Fiódor Dostoiévski publica 'Os irmãos Karamazov'
1883: Nasce Karl Jaspers, em Oldemburgo, Alemanha
1883: Nietzsche publica: 'O nascimento da tragédia'
1885: Nietzsche publica: 'Assim falou Zaratustra: um livro para todos e para ninguém'
1887: Nietzsche publica 'Genealogia da moral'
1889: Nasce Martin Heidegger, em Messkirch, Alemanha
1889: Nasce Gabriel Marcel, em Paris, França
1890: Oscar Wilde publica 'O retrato de Dorian Gray'
1900: Falece Friedrich Nietzsche, em Weimar, Império Alemão
1901: Husserl publica 'Investigações lógicas'
1903: Shestov publica 'Dostoiévski e Nietzsche: a filosofia da tragédia'
1905: Nasce Jean-Paul Sartre, em Paris, França
1907: Husserl publica 'A ideia da fenomenologia'
1908: Nasce Simone de Beauvoir, em Paris, França
1908: Nasce Maurice Merleau-Ponty, em Rochefort-sur-Mer, Alemanha
1911: Husserl publica 'A filosofia como ciência de rigor'
1912: Miguel de Unamuno publica 'Do sentimento trágico da vida'
1913: Husserl publica 'Ideias para uma fenomenologia pura'
1913: Nasce Albert Camus, em Mondovi, Argélia
1913: Max Scheler publica 'Sobre a fenomenologia e a teoria dos sentimentos de simpatia e de amor e ódio'
1915: Franz Kafka publica 'A metamorfose'
1923: Martin Buber publica 'Eu e tu'
1927: Heidegger publica 'Ser e tempo'
1927: Hermann Hesse publica 'O lobo da estepe'
1929: José Ortega y Gasset publica 'A rebelião das massas'
1930: Husserl publica 'Meditações cartesianas'
1934: Emil Cioran publica 'Nos cumes do desespero'
1934: Shestov publica 'Kierkegaard e a filosofia existencial'
1935: Marcel publica 'Ser e ter'
1938: Falece Edmund Husserl, em Friburgo-Brisgóvia, Alemanha
1938: Falece Lev Isaakovich Shestov, em Paris, França
1938: Sartre publica 'A náusea'
1938
: Jaspers publica 'Filosofia da existência'
1939: Nicola Abbagnano publica 'A estrutura da existência'
1939: Sartre publica 'Esboço para uma teoria das emoções'
1940: Sartre publica 'O imaginário'
1940: Dino Buzzati publica 'O deserto dos tártaros'
1942: Nicola Abbagnano publica 'Introdução ao existencialismo'
1942: Camus publica 'O estrangeiro' e 'O mito de Sísifo'
1942: Ludwig Binswanger publica 'Formas básicas e conhecimento da existência humana'
1943: Sartre publica 'O ser e o nada'
1944: Maciel publica 'Homo viator: prolegômenos para uma filosofia da esperança'
1944: Ernst Cassirer publica 'Ensaio sobre o homem'
1945: Merleau-Ponty publica 'Fenomenologia da percepção'
1946: Sartre publica 'O existencialismo é um humanismo'
1947: Beauvoir publica 'Por uma moral da ambiguidade'
1947: Emmanuel Levinas publica 'Da existência ao existente'
1948: Falece Nikolai Berdyaev, em Clamart, França.
1949: Beauvoir publica 'O segundo sexo'
1951: Jaspers publica 'Introdução ao pensamento filosófico'
1951: Marcel publica 'O mistério do ser'
1951: Camus publica 'O homem revoltado'
1952: Paul Tillich publica 'A coragem de ser'
1952: Frantz Fanon publica 'Pele negra, máscaras brancas'
1953: Alphonse De Waelhens publica 'Fenomenologia e verdade'
1954: Jean-François Lyotard pubica 'A fenomenologia'
1956: Camus publica 'A queda'
1956: Ludwig Binswanger publica 'Três formas da existência malograda'
1958: Beauvoir publica 'Memórias de uma moça bem-comportada'
1958: Hannah Arendt publica 'A condição humana'
1958: Alphonse De Waelhens publica 'Existência e significação'
1959: Heidegger publica 'O que é isto, a filosofia?'
1960: Falece Albert Camus, em Villeblevin, França
1960: Sartre publica 'Crítica da razão dialética'
1960: Rollo May publica 'Psicologia existencial'
1960: Ronald Laing publica 'O eu dividido'
1961: Falece Maurice Merleau-Ponty, em Paris, França
1961: Frantz Fanon publica 'Os condenados da terra'
1961: Clarice Lispector publica 'A maçã no escuro'
1964: Clarice Lispector publica 'A paixão segundo G.H.'
1967: Luiz Carlos Maciel publica 'Sartre, vida e obra'
1973: Falece Gabriel Marcel, em Paris, França
1973: Paul Foulquié publica 'Existencialismo'
1975: Thomas Giles publica 'História do existencialismo e da fenomenologia'
1975: Rollo May publica 'A coragem de criar'
1975: Ernst Keen publica 'Introdução à psicologia fenomenológica'
1976: Falece Martin Heidegger, em Friburgo-Brisgóvia, Alemanha
1977: Medard Boss publica 'Angústia, culpa e libertação'
1977: Clarice Lispector publica 'A hora da estrela'
1980: Falece Jean-Paul Sartre, em Paris, França
1982: É publicado 'Do diálogo ao dialógico', de Martin Buber
1984: Aquiles Guimarães publica 'Farias Brito e as origens do existencialismo no Brasil'
1986: Falece Simone de Beauvoir, em Paris, França
1986: Paul Ricœur publica 'Na escola da fenomenologia'
1987: É publicado o livro 'Seminários de Zolikon', de Martin Heidegger
1988: João da Penha publica 'O que é existencialismo'
1988: Urbano Zilles publica 'Gabriel Marcel e o existencialismo'
1989: Thomas Ransom Giles publica 'História do existencialismo e da fenomenologia'
1993: Valdemar Angerami publica 'Psicoterapia existencial'
1994: Jacques Colette publica 'Existencialismo'
2002: Yolanda Forghieri publica 'Psicologia fenomenológica: fundamentos, método e pesquisas'
2004: Robert Sokolowski publica 'Introdução à fenomenologia'
2006: Angela Bello publica 'Introdução à fenomenologia'
2006: Afonso Fonseca publica 'Para uma história da psicologia e psicoterapia fenomenológico existencial'
2008: André Dartigues publica 'O que é a fenomenologia?'
2011: Daniela Schneider publica 'Sartre e a psicologia clínica'
2012: Jack Reynolds publica 'Existencialismo'
2012: David Cerbone publica 'Fenomenologia'
2013: Denis Huisman publica 'História do existencialismo'
2014: Antonio Lima publica 'Ensaios sobre fenomenologia: Husserl, Heidegger e Merleau-Ponty'
2014: Tommy Goto publica 'Introdução à psicologia fenomenológica'
2017: Sarah Bakewell publica 'No café existencialista'

Cronologia do existencialismo e fenomenologia Cronologia do existencialismo e fenomenologia Reviewed by Bruno Carrasco on 15:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.