Tales de Mileto

Tales de Mileto (aprox. 624-546 a.C.) é considerado o primeiro filósofo do ocidente, por tentar explicar como se formou e do que era constituído o mundo, propondo a ideia de que a água era o elemento que constituía todas as coisas. Segundo ele, podemos encontrar água em todos os lugares: ao furar o solo, quando nos cortamos, dentro do tronco das árvores, nas rochas das nascentes dos rios.

“A água é o princípio de todas as coisas.”
(Tales de Mileto)

Filósofo, matemático, astrônomo, político, filho de pais ricos e nobres, Tales foi comerciante de sal e de azeite de oliva. Foi o primeiro a prever um eclipse do sol e e a superar as explicações míticas, além disso elaborou um teorema na matemática que carrega seu nome até a atualidade. Tales aprendeu muito em suas viagens, onde teve contato com as sabedorias da Geometria no Egito e a Astronomia na Babilônia.

Conta-se que numa de suas viagens ao Egito, Tales impressionou o Faraó, ao medir a altura das pirâmides através da observação do comprimento das sombras da pirâmide comparado ao de um bastão erguido verticalmente próximo da pirâmide, comparando a proporção da altura do bastão e de sua sombra e multiplicando a proporção a partir da sombra da pirâmide.

Tales foi o primeiro a explicar o eclipse do sol, e constatar que a Lua é iluminada pelo sol. Ele aprendeu no Egito as teorias sobre o eclipse do Sol e da Lua, entendendo que esses fenômenos se repetiam dentro de um ciclo, de modo que se torna possível sua previsão.

Os pensadores de sua época buscavam um princípio material segundo o qual foi derivado todo o Universo. Para Tales, o elemento básico, a partir do qual se tinha formado toda a matéria do Universo era a água. Se a água está em tudo, é porque ela faz parte de tudo. Tales pretendeu encontrar nos seus conhecimentos sobre o universo uma certa ordem e razão, estabelecendo uma lógica. Em 582 a.C., o Oráculo de Delfos proclamou Tales como o primeiro dos sete sábios da antiguidade. Isso significava que suas descobertas eram conhecidas, discutidas e aprovadas pelos sábios do mundo grego. 

Tales foi um grande conhecedor de meteorologia, recolhendo dados sobre mudanças de tempo. Ele observava os indícios meteorológicos colhidos numa estação do ano, utilizando estes conhecimentos para  prever as características dos anos seguintes. Teve um ano que ele preveu uma grande colheita, comprou várias prensas de azeitona e acabou ganhando um bom dinheiro. Sua previsão aconteceu e conseguiu mostrar que a ciência e a filosofia podem servir também para a solução de problemas práticos.


Referências:
CHAUÍ, Marilena. Convite à Filosofia. São Paulo: Ática, 2002.
COTRIM; FERNANDES. Fundamentos da Filosofia. São Paulo: Saraiva, 2013.
MARCONDES, Danilo. Iniciação à História da Filosofia. Rio de Janeiro: Zahar, 2008.
REZENDE, Antonio. Curso de Filosofia. Rio de Janeiro: Zahar, 2016.

buttons=(Aceitar !) days=(20)

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Ler mais
Accept !