Utopias e distopias


Utopia significa um lugar que não existe no momento presente, mas que pode existir no futuro. Distopia é um termo que costuma ser usado como alusão a um futuro infeliz, problemático ou triste.

O termo "utopia" deriva do grego "não", no lugar de u, e "topos" que significa lugar. Seu conceito costuma ser associado ao intuito de elaborar ideias, tendências e propostas de modelos de vida ou de economia que não existem no momento presente. Costuma ser usado juntamente com uma visão esperançosa de futuro.

A utopia é geralmente apresentada como uma espécie de jogo entre o real e o ideal de sociedade que se almeja alcançar. Muitos filmes de ficção científica apresentam utopias tecnológicas supondo um futuro imaginário onde a ciência e a tecnologia proporcionariam uma vida mais harmônica e agradável para os seres humanos. 

Porém, nem sempre vemos o futuro de maneira tão otimista assim, muitas vezes o futuro nos parece algo mais incerto e perturbador. Neste sentido temos o termo 'distopia', que corresponde a uma espécie de "utopia negativa", ou seja, uma ideia de futuro que não deu certo, que apresenta os mesmos problemas, ou até mesmo, mais problemas do que os tempos atuais.

A maior parte das distopias são comumente caracterizadas pelo controle da vida das pessoas, seja pelo totalitarismo, pela opressão como pelo totalitarismo. A sociedade se mostra corrupta, onde as leis e as normas estabelecidas para o "bem comum" apresentam suas inconsistências e contradições, onde a tecnologia e a ciência são utilizadas para o controle das pessoas e das instituições.

Muitas das distopias são feitas como meios de aviso ou sátiras sobre situações que, em algum sentido, já estamos caminhando para tal possibilidade. As distopias apresentam a possibilidade de nossos "avanços" científicos e tecnológicos serem utilizados contra a humanidade, e não a favor dela, como apresentam as utopias.

Há uma série de produções artísticas que remetem a essas possíveis concepções distópicas de mundo e de vida, como em livros, filmes, obras de arte, entre outras. As histórias de ficção científica, costumam ser chamadas também de "cyberpunk", quando ocorrem num futuro provável, apresentando o uso de tecnologias muito avançadas para a dominação do mundo, dos governos e das corporações.

A etimologia em grego do termo distopia vem de 'dis', que significa algo como dificuldade, dor ou infelicidade, e 'topos' significa lugar, tal como em utopia, porém a distopia seria então um lugar ruim ou infeliz, onde a utopia seria apenas um lugar inexistente. Grande parte das utopias se relacionam com nossa vida, ou denunciam algo que já estamos vivendo ou a ponto de experimentar.

Alguns exemplos de distopia nos livros e filmes são: 1984, V de Vingança, Robocop, O Exterminador do Futuro, Blade Runner, Matrix, Maze Runner, Mad Max, Metropolis, O Preço do Amanhã, Idiocracia, Admirável Mundo Novo. As obras de arte distópicas costumam apresentar dilemas morais, críticas sociais, a estupidez coletiva, o poder centrado numa elite, o discurso pessimista e a violência banalizada.
Utopias e distopias Utopias e distopias Reviewed by Bruno Carrasco on 15:07 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.